Personal trainers poderão se formalizar pagando menos impostos

Os profissionais de educação física que atuam como personal trainer poderão se enquadrar como microempreendedores individuais e vão pagar menos impostos para atuarem na profissão e estarem formalizados. A votação para a aprovação do projeto deve ocorrer nesta semana, na Câmara dos Deputados.

A proposta é para que permite a formalização de personal trainers como microempreendores individuais, pagando apenas R$ 52,70 de impostos e podendo emitir nota fiscal e tendo direito aos benefícios previdenciários, como salário-maternidade e aposentadoria.

Presidente da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, o deputado federal Jorginho Mello (PR) afirmou que a tendência é pela aprovação do projeto. “Tenho conversado com os deputados para que aprovemos essa matéria por unanimidade. Vamos criar um ambiente de menos impostos para que esses profissionais possam criar seus próprios negócios”, explicou o parlamentar.